Feeds:
Posts
Comments

Archive for May, 2012

 

“Acting”
Atuando

A roupa é um disfarce que nós usamos no alge de nossa personalidade. Vamos olhar de perto….

A roupa é uma extensão de nossa personalidade; isso é o reflexo do que desejamos ser. Isso modula nossos relacionamentos com os outros pela nossa aparência.

Ser? Sim, mas aparecer de que forma? Esta é a questão.

Nossos desejos de transparecer para os outros não é simples. O reflexo de nós mesmos começa no espelho de nossa
personalidade e com a fatal questão: QUEM nos queremos ser? Em nossa contemporânea e globalizada sociedade,
realidade oferece mixes de ficção em nossas vidas. Nosso aparência virtual serve nossa real personalidade. Facebook,
Twitter, Blogs e outras redes sociais são grandes exemplos disso.
A direção da Primavera/Verão 2013 explora o desejo de mostrar além da realidade, o desejo de brincar.

Brinque, encontre, seja, atualize-se, viva: Atue!
Atuações de brincadeira direto de nós para nós. Onde nós nos tornamos nosso avatar.

ACT 1

Onde a decadência se torna encantadora
Nossos desejos de suavidade abraçam a decadência, como a ingênua Alice prova o furto esquecido. Honra é segurança, aparencias são proteção. O desejo de contradição é forte e poderoso. Como uma cantiga poética sobre uma canção rock’n roll, a atitude de brincadeira se torna uma orgia voraz. Imagens e palavras acumuladas com tons encantadores de pastéis. O sentimento do desenho do animal tatuado prediz uma suavidade feroz. As tentações suaves calmas ou sádicas fantasias.

Aspectos suaves são a chave para a aparencia desta atitude romantica. Os tecidos contam a historia de uma selvagem decadência tinturados em diafanos pasteis. O toque do tecido mostra o desejo de pele. Os aspectos: esmerilhado, feltro, toque de pele, camurça, apagados, mates e ligeiramente iridescentes, são bons em couros e peles são perfeitos em encontros do evanescense dos classicos cetim e seda.
Fribras

Entrelaçados com graça e força, a essencia natural da fibra explode em um notavel tecido. As fibras naturais, algodão e seda, estarão em primeira posição e vão se completar com ricos cetins tecendo contrastes com os mates e brilhantes. Os sintéticos não serão o centro das atenções, à não ser quando vestidos numa suave e perolada roupa. O aspecto artificial vai apagar a ternura do pastel.

 

ACT II
Quando a casa está em outro lugar

 

As imagens virtuais estão longe da realidade e dão aos nossos sentidos o desejo de fuga. A fuga selvagem é imposta sobre nós como uma resposta para uma opressiva e urbana inércia. O desejo de tumultuar nossa nomade imaginação. Os brilhos distantes dançam oscilantes as cores de um lugar sonhado. A estética eslava contradiz nossa confidencia capitalista e mixa com uma palleta tinturada de tonalidades boêmias. A brutalidade do materialismo se encontra com o redemoinho de uma viagem sem retorno.

Aspectos: O acumulo de efeitos e cores conforta os desejos de mudança. Sobreposições tranquilizam nossa fuga de perto. A multipla combinação de delicados e precisos padrões desenhados na estrada de uma longa jornada. Memorias são expressas em tecido, lã fervida, cordas, roupas de toque de couro cru dão suporte de pátinas do tempo e traços da jornada. O tricot explora os arquivos do passado. Os revestidos e oleados vão proteger ferozmente os tecidos preciosos.
O mundo equestre é impresso nesse elegante e natural padrão, superficies e detalhes.

Fibras
As fibras contam a historia de antigas longas jornadas. Os tecidos exprimem um tesouro neles próprios nas raras fibras, lâ angorá, pashmina, mohair, cashmere, vai misturar sua leveza aos de algodão e sedas lavadas. Antiga tecelagem, o núcleo de uma feitura tradicional, irá revelar a autenticidade dos sintéticos sombreados.

 

 

Advertisements

Read Full Post »

Hoje recomeçamos com as tendências para Primavera/Verão 2013-2014 do Grupo Lenzing.

A fermentação está acontecendo no cruzamento entre as competências e capacidades diferentes, em laboratórios e oficinas. Designers, cientistas e muitos mais estão jogando muitas idéias no caldeirão:

Coisas mudando de forma e tamanho …
Mais benefícios do mesmo item / material …
Tornar a tecnologia complexa em acessível , por exemplo, Roupas impresso 3D …
Baixar desenhos originais, faça o objeto você mesmo ou tê-lo feito por um artesão local …
Muitas idéias, algumas muito criativas, para re-aplicação de todas as eras, idéias para serem auto-suficientes em um nível básico …

Como reduzir o impacto ambiental é fundamental e iniciador da investigação em curso por exemplo, a produção têxtil substituição de processos tradicionais com os enzimáticas, reduzindo o consumo de água, eliminando solventes em micro-fibra, usando jeans velho como isolante em edifícios.

O que é leve está se tornando imperativo, por razões ambientais:
Consumo de material, quantidade de resíduos, espaços públicos de transporte urbano, jardins e user-driven design são alguns dos problemas em atual discussão.

 

Read Full Post »